Boa Vista Quarta-feira, 23 de abril de 2014
Ano XXXIV
Edição 5572
Um Jornal Necessário

Página Inicial
EDITORIAS
Cidades
Especiais
Esportes
Opinião
Polícia
Política
Variedades
COLUNAS
Área de Luta
Avivamento
Jessé Souza
Minha Rua Fala
Okiá
Parabólica
Shirley Rodrigues
Comentar   Imprimir
  Enviar por E-mail

Cidades                

BRASILEIROS AFIRMAM:
Comprar em Santa Elena já não compensa

Data: 08/06/2010


Fonte: A A A A

Foto:  

A cidade fronteiriça é um dos principais centros de compras para o roraimense
Muitos brasileiros que moram em Roraima e turistas de outros estados que costumeiramente viajam para a cidade de Santa Elena, na Venezuela, não só para passar o final de semana e aproveitar os diversos pontos turísticos, como também por opção de compra, estão desestimulados a enfrentar a viagem de mais de 200 km, partindo de Boa Vista.

O problema é que os preços praticados pelo comércio de lá, quase sempre mais em conta que na capital boa-vistense, principalmente nas bebidas e materiais de limpeza, aumentaram. Além da carestia, o valor cotado para o câmbio negro, que há duas semanas variava de 3,8 a 4,1 bolívares, agora está custando 3,5 a 3,6 bolívares para cada real.

Para se ter uma ideia, de acordo com o antigo câmbio, um saco de sabão em pó de 9 kg que custava 90 bolívares, cerca de R$ 21,95, agora sai por 100 bolívares, ou seja, R$ 28,57, um acréscimo de 30,1%. Esse mesmo sabão em pó, que é trazido e comercializado em Boa Vista, custa R$ 35,00.

Já o amaciante de roupas, que antes custava 60 bolívares, R$ 14,63, agora esta custando 70, um total de R$ 20,00, aumento estipulado em 36,7%. Na capital, os atravessadores comercializam o produto a R$ 27,00.

A autônoma Katiana Coelho, 35, que todo mês viaja para Santa Elena a passeio e para fazer compras, explicou que após o aumento dos preços e a queda do câmbio, vai acabar desistindo de ir até a fronteira.

Katiana ressaltou ainda que além do gasto com o combustível, onde pelo menos metade do tanque deve ser preenchido antes da viagem, ainda tem gastos com estadia, alimentação e abastecimento de retorno.

“É uma viagem boa, afinal passar o final de semana em um país com clima e vegetação bem diferente da nossa é gratificante, mas se você vai pra lá, vai também com a intenção de fazer compras e abastecer o veículo, já que o preço do combustível é bem mais em conta que o nosso. Mas já teve dias em que fui que nem o carro consegui abastecer, pois estava faltando gasolina na bomba, foi um sufoco”, lembrou ela.

Outro ponto que também está desmotivando os turistas são os pequenos, mas inúmeros buracos na estrada, após o km 100, principalmente na subida da serra.

“Estive lá no sábado passado, e existem alguns pontos, todos eles em curvas acentuadas e inclinadas, onde parte do asfalto já está cedendo. Inclusive colocaram uma espécie de tela, acredito que para alertar os motoristas. Realmente são trechos bastante perigosos, imagina se de repente alguém está passando e a estrada rompe por completo, como aconteceu na capital e em alguns pontos no interior de Roraima? Devemos lembrar que lá é serra, com abismos em maior parte da estrada”, comentou o economista Antônio Nascimento da Silva, 49.


COMENTÁRIOS
Nome:   
FISCAL                          Data: 16:00:23 - 09/06/2010
ATENÇÃO! COMERCIALIZAR PRODUTO TRAZIDO DA VENEZUELA SEM REGISTRO PELA ANVISA OU ORGÃOS DE IMPORTAÇÃO, É ILEGAL OU PERIGOSO À SAÚDE! DENUNCIE PARA A RECEITA FEDERAL OU A VIGILANCIA SANITÁRIA. TEL: 36231314

COMENTÁRIOS
Nome:   
TONIA                          Data: 14:00:42 - 09/06/2010
Parabéns por essa matéria esclarecedora sobre a realidade da fronteira, pois muitos saem de Boa vista enganados e quando chega se depara com a verdade; mal atendimento, falta de combustível., humilhação ( parece sempre que eles estão nos fazendo um grande favor por vender seus produtos a nós brasileiros)

COMENTÁRIOS
Nome:   
ASSIS                          Data: 13:00:08 - 09/06/2010
não compensa nem ir lá, além de um lugar feio e cheio de gente mal educada o cidadão ainda corre o risco de tomar um balaço no meio da cara dos bandidos venezuelanos fora os policiais corruptos de lá que estão pouco se lixando pros brasileiros!!! concordo com você amigo Oscar Alho Êita povinho burro!!!!!!!!!!

COMENTÁRIOS
Nome:   
Josy Rosas                          Data: 11:00:31 - 09/06/2010
Concordo plenamente com o colega OSCAR ALHO, brasileiro é bicho que num tem vergonha na cara mesmo, além de sofrer com o péssimo atendimento (diga-se de passagem), ainda corre o risco de serem subornados pela guarda nacional, ker dizer guarda de pilantras isso sim!! Criem vergonha meu povo e parem de se humilhar pelo amor de Deus!!

COMENTÁRIOS
Nome:   
Samuel Alves de França                          Data: 11:00:49 - 09/06/2010
Este último final de semana estive lá em Santa Helena com minha família e pude comprovar o que diz a matéria, os preços dos produtos nos comercios locais realmente não compensam mais, Além da grande dificuldade para se conseguir gasolina, a opção agora é Lethen que está com os preços bem melhores, além de que lá não falta gasolina como em Santa Helena.

COMENTÁRIOS
Nome:   
Bradival (Capitão Caverna)                          Data: 11:00:00 - 09/06/2010
Aqui no nosso Estado tá cada dia pior para nós consumidores. Até hoje esperamos os benefícios da tão falada A.L.C., que acabou mudando de significado, pois em vez de ser Área de Livre Comércio virou Área de Lucro dos Comerciantes.

COMENTÁRIOS
Nome:   
geiza                          Data: 10:00:10 - 09/06/2010
santa helena senpre foi a opcao para as pessoas fazer compra .agora com a fiscalizacao na sefaz mas dura muita gente nao pode vin por que ten que esta legal com a lei e ten que paga imposto das mecadoria . o que muita gente nao gosto essa e averdade por que as coisa nao subiram tanto assi e si subiran ainda vale a pena por que ten muita coisa bao

COMENTÁRIOS
Nome:   
Noscar Alho                          Data: 09:00:24 - 09/06/2010
Não só o atendimento é péssimo, como também as autoridades na Fronteira, tratam-nos como se fossemos bandidos. Devemos deixar de comprar tanto na Venezuela como também em Lethem. Talvéz só assim eles tenham compreensão da importância de nós brasileiros na sua economia e nos dê mais importância da nossa presença nos seus Países.

COMENTÁRIOS
Nome:   
Joao Paulo                           Data: 09:00:32 - 09/06/2010
é concordo, brasileiro la é atendido muito mal , mais tambem as vezes tem brasileito malandro que quer levar os produtos acima do limite e ai ja viu ne estrangeiro nao gosta =/

COMENTÁRIOS
Nome:   
Braga                          Data: 09:00:24 - 09/06/2010
Brasileiros gostam de ser maltradados mesmo, coloca na ponta do lapis que não compensa ir lá faser compras, gastar os seus dinheiros lá e ainda ser mal atendidos como se obrigados a comprar lá

COMENTÁRIOS
Nome:   
junior                          Data: 09:00:27 - 09/06/2010
dependendo do que comprar compensa sim, por exemplo a Sminorf aqui no Brasil custa cerca de 4 ou 5 reais a garrafinha, lá custa mesno de 2 reais, imagine comprando a caixa, e sem se falar que o FDS é perfeito lá, desde que a pessoa nao seja burra!

COMENTÁRIOS
Nome:   
Oscar Alho                          Data: 08:00:45 - 09/06/2010
aem contar com o mal atendimento dos comerciantes venezuelanos, e os brasileiros ao inves de dar o troco não indo mais la continuam indo pra serem humilhados por mizeros centavos, eita povinho burro que gosta de sofrer.

.: Publicidades :.






Assinatura Voltar à Página Principal Denúncias Classifolha Fale Conosco Voltar à Página Principal
Copyrigth © 2014 - Folha de Boa Vista - Todos os Direitos Reservados
Voltar à Página Principal Classificados Denúncia Expediente Assinatura Voltar à Página Principal