Boa Vista Sábado, 19 de abril de 2014
Ano XXXIV
Edição 5572
Um Jornal Necessário

Página Inicial
EDITORIAS
Cidades
Especiais
Esportes
Opinião
Polícia
Política
Variedades
COLUNAS
Área de Luta
Avivamento
Jessé Souza
Minha Rua Fala
Okiá
Parabólica
Shirley Rodrigues
Comentar   Imprimir
  Enviar por E-mail

Polícia                

NO PINTOLÂNDIA
Vizinho estupra menina e filma abuso

Data: 05/07/2011


Fonte: A A A A

Foto:  

O desocupado Cleber Ferreira da Silva é acusado de abusar da menina de dez anos
DANIELA MELLER

O crime cometido pelo desocupado Cleber Ferreira da Silva, 27, acusado de estupro, chocou não só os familiares da vítima, uma criança de apenas dez anos de idade, como as autoridades que atenderam ao caso e rapidamente solicitaram e cumpriam o mandado de prisão contra ele.

O fato foi denunciado ao Núcleo de Proteção a Criança e ao Adolescente (NPCA), um mês depois do ocorrido. A garota e o pai procuraram a delegacia por volta do meio-dia do último sábado, mas o caso só foi divulgado à imprensa na manhã de ontem.

Segundo a delegada titular do Núcleo, Magnólia Soares, a demora quanto à denúncia foi devido ao fato das constantes ameaças de morte que a vítima e o irmão, que presenciou o crime, sofriam do acusado.

Segundo a menina, o crime ocorreu há um mês dentro da residência onde ela mora com a família. Naquele dia, o pai tinha ido trabalhar enquanto a garota ficou só, com o irmão de 13 anos. Ela relatou ao delegado plantonista, João Evangelista, que Cleber arrombou e invadiu a residência.

Dentro da casa, além de estuprar a menina em frente ao irmão, que foi obrigado a assistir tudo sob forte ameaça, todas as cenas de violência e sexo foram registradas em um celular pertencente ao acusado. Depois de cometer o ato, antes de sair, Cleber deixou o irmão da vítima amarrado e fugiu.

Durante as semanas seguintes, a vítima disse ao delegado que constantemente era ameaçada por Cleber, que por diversas vezes ainda a procurou na tentativa de manterem novas relações sexuais.

Num determinado dia, o irmão da vítima que assistiu ao episódio, como se nada tivesse acontecido e se fingindo de amigo de Cleber, pediu a ele o celular emprestado. De posse do aparelho o garoto tirou a memória do celular e entregou a irmã.

Com as provas em mãos, os irmãos resolveram contar tudo ao pai, que imediatamente procurou a delegacia. Ainda de acordo com a delegada, após o registro de ocorrência, a vítima foi submetida a exame de conjunção carnal, onde o crime foi comprovado.

Mediante as provas, o plantonista procurou a titular do Núcleo e ambos decidiram representar contra Cleber, solicitando a imediata prisão temporária. O pedido foi acatado ainda na madrugada de domingo pelo juiz Eduardo Dias, quando então Cleber foi preso na sua casa, localizada no bairro Pintolândia, vizinho à vítima.

Além do mandado de prisão, a Justiça também concedeu um mandado de busca e apreensão na residência do acusado. Lá foram apreendidos dois aparelhos celulares. Os telefones foram encaminhados à perícia que buscará novas provas.

Conforme a delegada, a prisão temporária contra Cleber, que é apenas de dez dias, pode ter o período estendido para garantir o andamento das investigações.

Além de crime de estupro, Cleber Ferreira também foi indiciado no artigo 240 do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) por fotografar, filmar e registrar cenas que contenham sexo envolvendo crianças e adolescentes. Cleber foi encaminhado para a Penitenciária Agrícola do Monte Cristo (PAMC), onde deve permanecer à disposição da Justiça.


COMENTÁRIOS
Nome:   
897-TATIANA                          Data: 07:59:58 - 05/07/2011
Esse tipo de crime tem que ser punido com a Castração, quem faz isso é pior do que um animal.Quando a violencia for contra criança e adolescente a pena deveria ser triplicada.

.: Publicidades :.






Assinatura Voltar à Página Principal Denúncias Classifolha Fale Conosco Voltar à Página Principal
Copyrigth © 2014 - Folha de Boa Vista - Todos os Direitos Reservados
Voltar à Página Principal Classificados Denúncia Expediente Assinatura Voltar à Página Principal