Boa Vista Quinta-feira, 21 de agosto de 2014
Ano XXXIV
Edição 5572
Um Jornal Necessário

Página Inicial
EDITORIAS
Cidades
Especiais
Esportes
Opinião
Polícia
Política
Variedades
COLUNAS
Área de Luta
Avivamento
Jessé Souza
Minha Rua Fala
Okiá
Parabólica
Shirley Rodrigues
Comentar   Imprimir
  Enviar por E-mail

Variedades                

PROFISSÕES
Conheça mais sobre o técnico em radiologia

Data: 05/03/2011


Fonte: A A A A

Foto:  

Técnico em laboratório
VANESSA BRANDÃO

O raio-x foi descoberto no final do século  XIX, em 1895, pelo físico alemão Wilhelm Conrad Roetgen. Nessa época ocorreu uma revolução no meio médico, trazendo um grande avanço no diagnóstico por imagem. Com o tempo, a radiologia foi evoluindo e a necessidade de um profissional capacitado para tais técnicas começou a ser exigida.

Em Boa Vista existem escolas que formam esse profissional, como é o caso do Ceterr.

Josiane Monauer Kimak é técnica em radiologia há 14 anos e hoje atua como coordenadora do curso. Ela explica que o técnico em radiologia pode trabalhar em hospitais, clínicas radiológicas, clínicas odontológicas, indústrias e outros. As áreas que a radiologia abrange são: radiologia convencional, radiologia industrial, mamografia, tomografia computadorizada, ressonância magnética, radiologia odontológica, radioterapia, medicina nuclear e radiologia pediátrica.


Joseane Kimak é coordenadora do curso de radiologia no Ceterr

Mesmo com bastante profissionais atuando na área em Boa Vista, ela vê um mercado em expansão, já que é crescente o número novos equipamentos para realização de exames que ainda não eram feitos no estado.

A profissão de técnico em radiologia foi regulamentada pela lei 7.394 no ano de 1985 e de acordo com ela, o profissional dessa área deve trabalhar apenas 24 horas por semana, além de poder gozar de duas férias por ano, se aposentar com 25 anos de trabalho e ainda receber 40% de insalubridade em cima do vencimento mensal, que, ainda de acordo com a lei, deve ser de dois salários mínimos, apesar de muitas empresas não respeitarem o que determina a lei.

Mesmo com a questão da insalubridade, Joseane diz que, sabendo se cuidar e se proteger na rotina de trabalho, o que é plenamente ensinado durante o curso de formação, é possível evitar qualquer tipo de dano à saúde que poderia ser causado pela radiação. “Acho que é bem seguro, tive duas gestações trabalhando e meus filhos nasceram super saudáveis”, conta. Outras informações sobre o curso podem ser obtidas pelo telefone 3224 6493.

.: Publicidades :.






Assinatura Voltar à Página Principal Denúncias Classifolha Fale Conosco Voltar à Página Principal
Copyrigth © 2014 - Folha de Boa Vista - Todos os Direitos Reservados
Voltar à Página Principal Classificados Denúncia Expediente Assinatura Voltar à Página Principal