Boa Vista Sábado, 19 de abril de 2014
Ano XXXIV
Um Jornal Necessário

EDITORIAS
Cidades
Especiais
Esportes
Opinião
Polícia
Política
Variedades
COLUNAS
Área de Luta
Avivamento
Jessé Souza
Minha Rua Fala
Okiá
Parabólica
Shirley Rodrigues
Comentar   Imprimir
  Enviar por E-mail

Política                


Dez terceirizadas são autuadas em RR por descumprirem CLT


Data: 18/04/2014

Foto:  Rodrigo Sales

Fabiano Xavier, procurador da Fenascon: “80% das empresas não pagam vale alimentação, vale transporte nem FGTS”

SUEDA MARINHO
Editoria de Política

Cerca de 10 empresas que prestam serviços terceirizados para o Governo do Estado e órgãos federais em Roraima  foram autuadas administrativamente pela Federação Nacional dos Trabalhadores em Serviço, Asseio, Conservação, Limpeza Urbana, Ambiental e Áreas Verdes (Fenascon),  por descumprimento da convenção coletiva trabalhista que entrou em vigor em janeiro.

Segundo o procurador da Fenascon–RR, Fabiano Xavier, a maioria das terceirizadas não paga vale alimentação, vale transporte, horas extras,  nem se quer  fazem o recolhimento do FGTS. Muitas possuem endereços fantasmas, servindo apenas de cabide de emprego a serviço de políticos, e mudam constantemente de endereço. “Outras funcionam em residências sem qualquer identificação. E os trabalhadores acabam sem saber a quem recorrer diante dessas situações”, disse.

Conforme o procurador, 80% das terceirizadas não cumprem o que rege a CLT  (Consolidações das Leis de Trabalho). “Recentemente, chegou ao nosso conhecimento que trabalhadores que prestam serviço para um órgão federal são enviados para áreas indígenas para trabalhar e lá permanecem por  15 dias vivendo em condições subumanas. Quando fomos investigar o caso, descobrimos que esta empresa não realiza nem o recolhimento do FGTS. Isso é um absurdo”, protestou.

Conforme ele, há empresas que já saíram do Estado e nunca pagaram os direitos trabalhistas dos funcionários. “Esperamos, até o final do ano, conseguir por via judicial solucionar todas as 10 autuações que foram realizadas. Porém, eu temo que outras terceirizadas saíam do Estado antes de pagarem o que devem aos funcionários”, afirmou.

Para quem interessar sobre o assunto, a Fenascon está localizada na rua Rubem Lima Filho, nº 224, bairro Cambará. (S.M)

 

 

.: Leia Mais :.
18/04/2014
18/04/2014
17/04/2014
17/04/2014
17/04/2014
17/04/2014
17/04/2014
16/04/2014
16/04/2014
16/04/2014
16/04/2014
15/04/2014
15/04/2014
15/04/2014
15/04/2014


.: COMENTÁRIOS :.


.: Publicidades :.






Assinatura Voltar à Página Principal Denúncias Classifolha Fale Conosco Voltar à Página Principal
Copyrigth © 2014 - Folha de Boa Vista - Todos os Direitos Reservados
Voltar à Página Principal Classificados Denúncia Expediente Assinatura Voltar à Página Principal